Aos empreendedores que querem abrir um novo negócio e que estão precisando de dinheiro para isso, um aviso: planeje-se muito bem antes de pegar um empréstimo. A criação de uma empresa envolves riscos, e um erro no planejamento inicial pode levar à bancarrota antes mesmo de começar a operar.

As fontes de dinheiro mais baratas nem sempre são as mais lembradas. Existem outras maneiras de conseguir o capital inicial para abrir um negócio. Por exemplo, você pode conseguir capital com seus próprios recursos, com a venda de bens [carros, imóveis, etc]. É preciso, porém, um bom plano de negócios para não perder todo o patrimônio no processo.

Ajuda de amigos e familiares

Outra fonte de recursos são seus amigos e familiares. A ajuda deles é vantajosa pois dificilmente terá um agiota entre eles, cobrando-o a todo momento o empréstimo. Todavia, é bom formalizar o empréstimo no papel, definindo prazos e alguma remuneração razoável.

  • Como conseguir crédito rápido online sem complicação

Sócios investidores

Uma alternativa às opções supracitadas é encontrar alguém que queira se tornar sócio da empresa e, consequentemente, dividir os lucros do negócio. A fórmula de uma das partes entrar com o dinheiro e o outro, com o trabalho, é bastante comum. Mas é preciso ficar claro quais serão as responsabilidades e direitos de cada um.  Um contrato definindo as porcentagens, direitos e deveres deve ser feito logo no início da sociedade.

Empréstimo em bancos

A solução mais óbvia é procurar empréstimos em bancos. No entanto, é preciso pesquisar bastante, e fazer um bom planejamento, antes de decidir onde pegar dinheiro emprestado e ir à agência. Geralmente, as linhas de crédito têm juros que podem comprometer o negócio.

  • [CET] Custo Efetivo Total: entenda o que é

Existem fatores, que os bancos levam em conta, que afetam as taxas de juros cobradas no empréstimo. O seu histórico de crédito, por exemplo, além de garantias como bens, imóveis e renda.

Capital de risco

Outra forma, menos comum, de conseguir dinheiro para abrir um novo negócio é o capital de risco, vindo de fundos de capital semente e investidores anjos. É preciso, todavia, ter uma ideia de negócio inovadora, pois os investidores buscam multiplicar o dinheiro.

Essa fonte de crédito exige do empreendedor capacidade de negociação e persuasão. Os investidores ficam com uma parte da empresa, portanto é preciso saber negociar.

Crowdfunding

O crowdfunding, ou financiamento colaborativo, é a mais nova forma de conseguir capital para iniciar um projeto. Tem sucesso notável principalmente em projetos ligados a arte e cultura, mas podendo ser usado para empreendimentos em qualquer área.

  • Crédito Auto: financiamento para compra de veículos novos e usados

O crowdfunding funciona assim: uma pessoa cria um projeto de produto ou serviço, apresenta numa das plataformas de financiamento colaborativo explicando como será realizado e angaria doações de pessoas interessadas nessa ideia. Os doadores, ou financiadores, do projeto recebem em troca algum tipo de recompensa, caso o projeto tenha sucesso, como o produto final, a menção nos créditos ou outros prêmios. O idealizador do projeto tem que definir uma meta para a arrecadação total e assim poder utilizar o dinheiro. Se a meta não for alcançada, o dinheiro é devolvido aos doadores.

Algumas plataformas de financiamento colaborativo: Kickstarter, Indiegogo, Catarse, EmVista, Impulso, Ideame, Startando.

As plataformas de crowdfunding são, geralmente, ligadas à criatividade e inovação, portanto se o seu projeto tem essas características, esse pode ser um bom método de conseguir dinheiro para iniciar seu negócio.

Fonte: EXAME.com