Para o empreendedor, entender as diferenças entre despesas, custos e investimentos é importante ao avaliar as finanças da empresa. Esses três tipos de gastos são encarados de formas diferentes pela contabilidade.

O que é Investimento?

Investimento é um gasto ou aplicação de recursos com a expectativa de retorno financeiro no futuro, compensando, inclusive, a perda de uso de uso desse recurso durante a aplicação.

Na indústria, por exemplo, a aquisição de máquinas, equipamentos, veículos, ferramentas e etc., são classificados como investimentos. O termo se aplica tanto à aquisição de bens para incrementar a produção quanto à aplicação em produtos financeiros.

Gastos com educação (faculdade, cursos, livros) podem ser considerados como investimentos, pois visam a melhora da qualidade de vida, ascensão de carreira e, portanto, maiores ganhos financeiros.

O que NÃO é Investimento

  • Carro
  • Roupas
  • Computador
  • Celular
  • etc.

O que é Despesa?

Despesa é outro tipo de gasto, que não visa o retorno financeiro, mas é necessária para a obtenção de receita. Receita, portanto, é um gasto com a atividade-meio, que não gera retorno, mas propicia “conforto” ou funcionalidade à empresa.

Gastos com a estrutura administrativa e comercial da empresa como: telefone, energia elétrica, publicidade, impostos, aluguel, salários e etc., são classificados como despesas.

O que NÃO é Despesa

  • Matéria-prima e insumos
  • Serviços para obter um produto
  • etc.

O que é Custo?

Já o custo, outro tipo de gasto, é o valor utilizado com bens e serviços para a produção de outros bens e serviços. Pode ser considerado custo a aquisição de materiais, insumos, a energia utilizada na produção, salários e encargos do pessoal de produção, entre outros.

O que NÃO é Custo

  • Compra de máquinas e equipamentos
  • Transporte de pessoal
  • Locação/manutenção de área fabril
  • etc.

Como diferenciar Custo e Despesa?

Os custos podem ser adicionados ao produto final, já as despesas são de caráter geral, de difícil vinculação ao produto ou serviço vendido. Para não restar dúvida faça a seguinte pergunta:

“Se hipoteticamente eu eliminar este gasto a produção ou obtenção de estoques seria diretamente afetada?”

Enquanto o custo formam estoque [materiais, insumos] e podem ser vendidos, afetando o resultado da empresa no futuro, as despesas vão direto ao resultado do período.

Referências